terça-feira, 23 de maio de 2017

Articulação Cariri fará contatos durante esta semana com as Centrais Sindicais, para sua reunião ampliada, que acontecerá durante, o 1º Encontro dos Servidores Públicos de Amparo

Articulação Cariri fará contatos durante esta semana com as Centrais Sindicais, para sua reunião ampliada, que acontecerá durante, o 1º Encontro dos Servidores Públicos de Amparo
          Após reunião realizada neste fim de semana, entre a Federação dos Trabalhadores no Serviço Publico do Estado da Paraíba (FETASP), a Associação dos Servidores Públicos de Amparo (ASSEPUMA), A “Caravana o Sindicato Chegou” do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado da Paraíba (SITESP), e a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) ficou decidido que durante esta semana será efetivado contatos com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST) e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), objetivando a participação das mesmas na 1ª Reunião da Articulação, que acontecerá como programação paralela no segundo horário do 1ºEncontro dos Servidores Públicos de Amparo, que aguarda apenas confirmações da data para a impressão do material de marketing.
          A reunião da Articulação definiu que a coordenação será feita em três frentes. A primeira será da Coordenação Politica que terá a frente o presidente da FETASP, Fernando Borges e a presidente da ASSEPUMA, Darloza Braga. Já segunda, será de Divulgação e Marketing, que ficará sobre a responsabilidade do Prof. Carneiro do SITESP e da professora, Tania, presidente da Comissão pró Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Prata. Por fim da Comissão de Organização e Estrutura, que ficou na responsabilidade do vice-presidente da ASSEPUMA, Luciano o gordo, que, também, se encarregará de formar subcomissões locais para organização do evento.
          Segundo, o presidente da FETASP, Fernando Borges, a articulação sindical dos servidores públicos municipais e estaduais da Paraíba vem sendo formada em duas regiões do Estado, ou seja, no Cariri, que ficou a cargo da “Caravana Chegou o Sindicato”, coordenada pelo Professor Carneiro, e no alto Sertão, aonde pessoalmente vem fazendo o trabalho. Fernando justificou que as iniciativas deixando claro, que, não existe outra forma de garantir os direitos adquiridos durante toda história de luta dos trabalhadores, que não seja unidos e fortes para resistir a politica de usurpação do governo ilegítimo de Temer.
Já para a presidente da ASSEPUMA, Darloza Braga, O evento será um marco na história, não só dos servidores públicos locais, como também, no que, se refere, a uma articulação mais ampla envolvendo a nossa categoria em outros municípios do Cariri Ocidental, para assim, estabelecer em consenso uma pauta para o Cariri, que fortaleça a luta pelos nossos direitos conquistados e, hoje ameaçados pela politica imposta pelo o atual governo usurpador com reformas, em que, os trabalhadores ficam com o “amargou dos remédios” e a elite conservadora politica nacional, e a elite financeira internacional, com o “mel da cura”.
Fonte: Assessoria de Comunicação do SITESP

      








Movimentos sociais sentam para debaterem o futuro eleitoral de Cabedelo, e poderão apresentar filhos da terra para dobradinha a estadual e federal 
            Em café da manhã, que aconteceu neste sábado, no restaurante do Posto de Combustível Intermares, representantes do Movimento de Reconstrução de Cabedelo e do Movimento em Defesa de Cabedelo, atendendo, as bases dos respectivos movimentos, que não mais suportam a velha forma de fazer politica, ondem os candidatos ao parlamento aparecem apenas nas eleições, e apenas, os que, os trazem estão de fato, contentes com os seus compromissos com o município. Resolveram apresentar os nomes do sindicalista e suplente de deputado federal, Fernando Borges, e do defensor publico e ex-vice-prefeito de Cabedelo, Bérgson Marques como possíveis candidatos as proporcionais de 2018.
            Para Bérgson Marques foi uma honra ter sido indicado, não só, pela indicação do movimento, e do que, ele representa, como também,  pelo companheiro de chapa proposto, ou seja Fernando Borges. No entanto foi claro ao afirmar que poderá colocar o seu nome a disposição, mas, para isto, precisará conversar com o grupo que é ligado politicamente há muitos anos. E finalizou: “É uma questão de ética e de densidade eleitoral”.
             Já Fernando Borges foi inciso ao afirmar que é candidato e que será uma grande satisfação compor com Bérgson na sua terra natal. Precisamos de políticos do seu calibre, defensor publico militante do judiciário, recentemente foi responsável, juntamente com o advogado, Dr. Caetano de Oliveira, que também é o presidente da Associação dos Moradores de Intermares, autor de Ação Penal Pública Incondicionada contra a corrupção em Cabedelo.         
            Para o professor Jaêmio Carneiro da Rede de ONGs SOS Cabedelo, que foi convidado para o café: “são nomes sem manchas ligadas a corrupção, e ou a compra de votos, ambos são servidores públicos e ligados aos movimentos sociais, vejo com muito bons olhos uma composição dessa natureza, pois precisamos acabar com os currais eleitorais e com a maioria dos políticos que defende apenas os seus interesses e dos grupos econômicos que os financiam”. E citou como exemplo de outros nomes importantes como o de Argemiro Chulé, do sindicalista e ex-candidato a prefeito de Cabedelo, Marcus Patrício, e do ex-vereador, que inclusive, foi responsável pelo fim da absurda aposentadoria de vereadores, o Gilberto Miranda. E “finalizou são nomes assim, que a Cidade portuária precisa de ter como representantes”.
Fonte: Equipe Digital do Blog Cabedelo e a Verdade


segunda-feira, 8 de maio de 2017

CENTRAIS SINDICAIS LANÇAM CALENDÁRIO DE LUTAS CONTRA “REFORMAS”.

CENTRAIS SINDICAIS LANÇAM CALENDÁRIO DE LUTAS CONTRA “REFORMAS”. E A ARTICULAÇÃO CARIRI REALIZA O 1ª ENCONTRO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO MUNICÍPIO DE AMPARO
Após a realização da Greve Geral, avaliada como a maior mobilização da classe trabalhadora brasileira, em nota assinada, as nove centrais sindicais brasileiras (CTB, CUT, Força, Intersindical, NCST, UGT, CGTB, CSB e CSP Conlutas) comprometeram-se a continuar a lutar contra o desmonte da Previdência Pública e das leis trabalhistas (04/05/17), também, na nota definiram, o período de 8 a 12/05 para uma presença permanente no Congresso Nacional para pressionar deputados e senadores contra as propostas das reformas, em particular a Reforma da Previdência Já no período de 15 a 19/05, o movimento irá “ocupar Brasília”.
       E se até o dia 19 não for possível parar as reformas, as centrais deverão marcar a 2ª greve geral que deverá ser maior que anterior. A firmação é do diretor da CSPB e presidente da FETASP, Fernando Borges, que será anfitrião da reunião com a ASSEPUMA para debater a articulação Cariri.
       Já a Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo – ASSEPUMA, que teve que adiar o Encontro Municipal marcado para o dia 27 de abril, tendo em vista, a greve geral que aconteceu no dia 28 e, portanto inviabilizou a presença de representantes de organizações estaduais e nacionais, comunicou que, o evento acontecerá ou no próximo dia 26/05, ou mais provavelmente no dia 03 de junho, e que será bem mais amplo, ou seja, com as representações do movimento na região, pelo menos nos municípios onde a articulação esta presente, sem prejuízo, para o vento local proposto anteriormente, e para isto, está sendo elaborada uma programação que permitam, inclusive, levar até a sociedade em geral a mensagem da real situação em que vive o Brasil.
        Objetivando definir o dia, a programação, a pauta para Articulação Cariri que será construída durante o vento, e participações das instituições (momentos finais), a ASSEPUMA deverá na próxima quarta feira participar de reuniões coletivas e individuais com representantes da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil - CSPB; Federação dos Servidores Públicos do Estado da Paraíba - FETASP; Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB; Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos no Estado da Paraíba - SITESP-PB; e possivelmente, a Central Única dos Trabalhadores - CUT e a Intersindical.
Conheça a seguir na integra a nota das centrais sindicais:

CONTINUAR E AMPLIAR A MOBILIZAÇÃO
CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS!
       As centrais sindicais, reunidas na tarde desta quinta-feira, avaliaram a Greve Geral do dia 28 de abril como a maior mobilização da classe trabalhadora brasileira. Os trabalhadores demonstraram sua disposição em combater o desmonte da Previdência social, dos Direitos trabalhistas e das Organizações sindicais de trabalhadores.
       A forte paralisação teve adesão nas fábricas, escolas, órgãos públicos, bancos, transportes urbanos, portos e outros setores da economia e teve o apoio de entidades da sociedade civil como a CNBB, a OAB, o Ministério Público do Trabalho, associações de magistrados e advogados trabalhistas, além do enorme apoio e simpatia da população, desde as grandes capitais até pequenas cidades do interior.
As centrais sindicais também reafirmaram sua disposição de luta em defesa dos direitos e definiram um calendário para continuidade e ampliação das mobilizações.

CALENDÁRIO DE LUTA

8 a 12 de maio de 2017
– Comitiva permanente de dirigentes sindicais no Congresso Nacional para pressionar os deputados e senadores e também atividades em suas bases eleitorais para que votem contra a retirada de direitos;
– Atividades na base sindicais e nas ruas para continuar e aprofundar o debate com os trabalhadores e a população, sobre os efeitos negativos para a toda sociedade e para o desenvolvimento econômico e social brasileiro.

15 a 19 de maio:
– Ocupa Brasília: conclamamos toda a sociedade brasileira, as diversas categorias de trabalhadores do campo e da cidade, os movimentos sociais e de cultura, a ocuparem Brasília para reiterar que a população brasileira é frontalmente contra a aprovação da Reforma da previdência, da Reforma Trabalhista e de toda e qualquer retirada de direitos;
– Marcha para Brasília: em conjunto com as organizações sindicais e sociais de todo o país, realizar uma grande manifestação em Brasília contra a retirada de direitos.
Se isso ainda não bastar, as centrais sindicais assumem o compromisso de organizar um movimento ainda mais forte do que foi o 28 de abril.
Por fim, as centrais sindicais aqui reunidas convocam todos os sindicatos de trabalhadores do Brasil para mobilizarem suas categorias para esse calendário de lutas.
CTB – Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil
CUT – Central Única dos Trabalhares
Força Sindical
Intersindical – Central da Classe Trabalhadora
NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores
UGT – União Geral dos Trabalhadores
CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
CSP Conlutas – Central Sindical e Popular

                                  Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Servidores Públicos adiam encontro do dia 27 em Amparo, mas, convoca todo o Cariri à parar na greve geral do dia 28


Servidores Públicos adiam encontro do dia 27 em Amparo, mas, convoca todo o Cariri à parar na greve geral do dia 28 com a chamada: “Para Cariri! Que o Brasil vai parar”
         O 1º Congresso dos Servidores Públicos do Município de Amparo, programado para o próxima quinta feira (27/04), será adiado em razão das manifestações previstas para o dia 28 em todo o Brasil, quando da Greve Geral que acontecerá na próxima sexta feira (28/04) contra as medidas adotadas pelo Governo Federal, entre elas, as Reformas da Previdência e Trabalhista.
            Segundo a presidente, da Comissão pró-sindicato, e a atual, presidente da Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo - ASSEPUMA, a fisioterapeuta Darloza Braga, a articulação que estava sendo trabalhada para a realização do evento, e ai, entenda-se, também, todo o pessoal ligados ao Sindicato Estadual; a Federação e a Confederação ligadas à categoria; e as Centrais Sindicais que participariam do evento, estarão envolvidas na preparação da Greve Geral, e, portanto, não compareceria, inviabilizando o encontro, que foi montado com a participação das entidades, que estão na organização do dia D.
           
Ampliação do Movimento no Cariri
            Darloza ainda explicou que, diante do Momento histórico vivenciado pelos servidores públicos, e a importância neste momento da união da categoria no interior do Estado, em particular na região do Cariri, irá definir nova data do evento, e sugerir a articulação, a ampliação do evento, estendendo-o a todo o Cariri Ocidental, quando da reunião de avaliação do movimento grevista nacional, que será realizada na Federação dos Trabalhadores em Serviços Públicos no Estado da Paraíba - FETASP no inicio da próxima semana.
            A articulação na região do grande e pequeno colegiado ficará a cargo, do vice-presidente da ASSEPUMA, o ex-vereador Luciano o Gordo, que deverá ainda nesta quizena semana contatar as lideranças regionais confirmando o evento e a participação dos mesmos.

Greve Geral
            Por fim, a presidente da ASSEPUMA, ainda explicou que infelizmente, não existe no momento outra arma a ser usada para salvaguardar a CLT e a Constituição Federal, onde estão sacramentados os direitos dos trabalhadores brasileiros, que não, a Greve Geral. E concluiu: “PARA CARIRI! QUE O BRASIL VAI PARAR”.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

ASSEPUMA realizará o 1º Congresso dos Servidores Públicos de Amparo – COMSERPA

ASSEPUMA realizará o 1º Congresso dos Servidores Públicos de Amparo – COMSERPA para debater a conjuntura nacional, projetos de melhoria dos serviços e da qualidade de vida dos servidores públicos
Segundo o a presidente da Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo – ASSEPUMA, a fisioterapeuta Darloza Braga, a instituição a qual preside deverá se reunir no inicio de fevereiro, com a sua diretoria para analisar o andamento da aquisição da Carta Sindical, avaliar a primeira etapa do projeto da Ouvidoria, ou seja, “ouvindo para melhor servir”, avaliar os primeiros 60 dias de mandato, e debater sobre a realização do 1º Congresso dos Servidores Públicos de Amparo – 1º COMSERPA, que poderá acontecera na segunda quinzena de fevereiro.
Segundo Darloza Braga, O Brasil vive hoje uma crise moral, politica e financeira e isto é um fato. Assim como, também, é fato, que as medidas a serem adotadas pelo governo, denominadas de ajustes ficais, a exemplo das PECs 241\16 e 257\16, ou ainda, das reformas, trabalhista e da previdência foram construídas para que o trabalhador e principalmente os servidores públicos paguem a conta, inclusive, para isso, usurpa  os direitos históricos conquistados pelos trabalhadores brasileiros. Este é o tema central do congresso, ou seja, “o servidor publico seus direitos e seus deveres”.
A reunião que definirá data, programação e recursos para o evento deverá acontecer nos primeiros dias de fevereiro na sede da Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo – ASSEPUMA. ,
Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA

ÚLTIMO MINUTO
Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo será informatizada e lançará Projetos nas áreas de esporte, cultura e lazer, além da sua pagina digital ainda em janeiro.
Ate o fim de janeiro, a ASSEPUMA deverá ser informatizada e ganhará uma pagina digital, ou seja, um blog ou site que será responsável pela divulgação das ações da associação e da comissão pro-sindicato, além de matérias ligadas ao sindicalismo e a politica economia e finanças, a nível municipal, estadual, nacional e internacional.
Já no que se refere aos projetos, dois já foram elaborados e deverão ser apresentados, quando da reunião da diretoria. O primeiro foi denominado de “Adote um atleta e contribuía com o esporte e a com a juventude amparense”. Já o segundo, “Uma noite com as estrelas” trata-se de um projeto que visa unir a cultura, a arte, o lazer e astronomia e será uma inovação nas área de cultura, lazer e ciência.
Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Câmara Municipal e Associação dos Servidores Públicos de Amparo, apos consulta ao TCE volta a se reunir hoje

Câmara Municipal e Associação dos Servidores Públicos de Amparo, apos consulta ao TCE volta a se reunir hoje, para formar comissão mista para audiência com o prefeito sobre o pagamento atrasado
A reunião na CMA na manhã desta segunda feira (16/01), que, inclusive, foi bastante movimentada, tendo em vista, a presença de diversos funcionários públicos municipais e curiosos, a qual tinha como objetivo debater o pagamento atrasado de dezembro, ou seja, de quem seria o ônus, ou melhor, a obrigação de honrar com os honorários dos servidores que trabalharam e tem que cumprir com compromissos assumidos (feira, aluguel, agua, luz etc.) terminou por remarcar uma nova reunião para esta terça feira para formar uma comissão mista composta de representantes do Poder Legislativo e de representantes da Associação dos Servidores Públicos para audiência com o prefeito, após, uma consulta por telefone e a viva voz, do vice-presidente da ASSEPUMA, o sindicalista Luciano o Gordo ao Tribunal de Contas do Estado.

O que orientou o TCE
Em consulta por telefone e a viva voz ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, mais precisamente, ao Gabinete do Conselheiro Dr. André Carlos sobre polemica gerada pelos diferentes grupos políticos sobre a quem pertence  a responsabilidade de efetivar o pagamento de dezembro, os presentes foram orientados a enviarem oficio com documentos que comprovem o não pagamento, ao TCE, e ao Ministério Publico para as devidas providencias.
Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA

ÚLTIMO MINUTO
Documento com timbre da PMA que circula na internet apresenta déficit deixado pelo gestor anterior de mais de 110 mil para o mês de dezembro
Mais um documento foi publicado pela internet com timbre da Prefeitura Municipal de Amparo sobre a atual situação financeira do Município. Vejamos abaixo?


ASSEPUMA cria Ouvidoria e implantará o projeto “Ouvindo para melhor servir” que funcionará com dois pontos de coletas, um fixo na sede, e outro, itinerante nas repartições públicas.

ASSEPUMA cria Ouvidoria e implantará o projeto “Ouvindo para melhor servir” que funcionará com dois pontos de coletas, um fixo na sede, e outro, itinerante nas repartições públicas.
Objetivando traçar não só o perfil do servidor público, mas, também, da qualidade do serviço prestado por ele, da contra partida do Município, e principalmente, dos seus direitos, a Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo – ASSEPUMA criou com sua 1ª ação classista, o projeto: “Ouvindo para melhor servir” que será implantado na segunda quinzena de Janeiro com prazo de encerramento marcado para o inicio de fevereiro.
A primeira etapa do projeto denominada de coleta compreende de duas urnas e de um questionário padrão com sete questões objetivas e uma subjetiva, além a identificação do pesquisado, que poderá ser parcial ou total dependo de sua vontade.
Já a segunda etapa do “Ouvir para melhor servir” constará da ordenação do material coletado, analise do conteúdo e a elaboração de uma proposta para ser apresentada e debatida plenárias da categoria para a  
Para coordenar o projeto, a presidente da ASSEPUMA, no uso de suas atribuições, nomeou como diretor de Relações Comunitárias, o servidor público e sócio da associação futuro sindicato, o servidor público,  Eduardo Diniz  que será responsável pela ouvidoria.
Três novas nomeações para as diretorias de Esporte, Educação e Promoção Social deverão acontecer em breve, inclusive com projetos ligados a as respectivas áreas, que vem sendo elaborado pela assessoria da ASSEPUMA. Ainda estar em pauta à criação de mais três diretorias, entre elas, Cultura e Ciência e Tecnologia.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA