quarta-feira, 12 de julho de 2017

CSPB avalia como positiva a 1ª Reunião da Articulação Cariri, e chama evento: “de histórico e exemplar” para o movimento de luta dos servidores públicos

CSPB avalia como positiva a 1ª Reunião da Articulação Cariri, e chama evento: “de histórico e exemplar” para o movimento de luta dos servidores públicos


       O diretor da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB e presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Públicos do Estado da Paraíba – FETASP, o sindicalista Fernando Borges, avaliou nesta terça feira (11/07) em Brasília como positiva, histórica e exemplar, o 1º Encontro Sindical dos Servidores Públicos de Amparo, e a 1ª Reunião da Articulação Cariri, chamado(s) entre os servidores carinhosamente de “rubacão sindical do cariri” (por ser como o prato tradicional composto de feijão e arroz), ou seja, dois eventos em um.
     “Foi sem dúvida muito positiva e de certa forma surpreendente a participação, não só, pela quantidade de participantes, mais, principalmente, pela qualidade do público compostos por lideranças sindicais, vereadores e suplentes, secretários municipais, professores e outros servidores públicos regionais e locais”. Analisou Fernando Borges, que frisou: “foram seis municípios presentes e segundo organizadores, dois online, são novas associações e novas comissões pró-sindicatos, isto é uma excelente articulação no Cariri”.
     Fernando Borges, ainda lembrou na sua avaliação, que foi a 1ª Reunião da Articulação Cariri, o primeiro evento(s), ou seja, é como, ou quando tudo começa, e todos sabem o que é fazer pela primeira vez. E foi mais além: “Isto sem falar que o Município que sediou não se apresenta geograficamente estratégico, como Sumé e Serra Branca para a região do Cariri Ocidental, o que dificulta e encarece o acesso”. Finalizando a avaliação, Borges, explicou a razão do evento(s) ter sido em realizado em Amparo. “Amparo tinha, ou melhor, tem algo especial, chamado de compromisso”. E concluiu: “Foi um sucesso, digno de exemplo a ser exportando para todo o Brasil”.
      Uma nova reunião que acontecerá ainda esta semana na sede da FETASP por sugestão do presidente Fernando Borges, que retorna a Paraíba na próxima quarta feira (13/07), a onde participou na qualidade de diretor, da reunião com a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil - CSPB, para avaliar a organização da categoria no Estado e decidir a continuidade do movimento.
      Participaram do “rubacão sindical do cariri” 52 participantes (delegados locais, convidados, observadores e a imprensa regional), lideranças sindicais de oito municípios do Cariri, ligados as associações de servidores públicos e comissões pró-sindicatos dos Municípios de Amparo, Ouro Velho, Prata, Sumé, Camalaú e Serra Branca presentes e, dos Municípios do Congo e de Pararí na forma online. Além da presença dos Municípios de Cabedelo e João Pessoa, representados pelo Sindicato dos Servidores Públicos do Estado da Paraíba, Sindicato dos Servidores Público de Cabedelo e a Intersindical dos Trabalhadores Portuários.
Ao termino do evento(s) foram lembrados e propostos para sediar a 2ª Reunião da Articulação Cariri, os municípios de Serra Branca, Sumé, Camalaú e Monteiro, sendo que, o último, não foi registrado como possível sede, tendo em vista, a ausência do sindicato dos servidores públicos de Monteiro (região).

Fonte: Assessoria de Comunicação do ASSEPUMA

segunda-feira, 10 de julho de 2017

A ARTICULAÇÂO SINDICAL DO CARIRI: UM SUCESSO

A ARTICULAÇÂO SINDICAL DO CARIRI: UM SUCESSO

Com a participação da CTB, NCST, CSPB, FETASP, Intersindical e SITESP. Seis municípios da região presentes e dois online. A 1ª Reunião da Articulação do Cariri, considerada um sucesso, pelos visitantes cresceu com adesões e decidiu realizar a 2ª reunião com manifestação publica em defesa da Constituição e dos direitos dos servidores públicos do Cariri e do Brasil.
       Com 52 participantes (delegados locais, convidados, observadores e a imprensa regional), lideranças sindicais de oito municípios do Cariri, ligados a associações de servidores públicos e comissões pró-sindicatos da região, sendo que, dois participaram online, além da presença dos Municípios de Cabedelo e João Pessoa, representados pelo Sindicato dos Servidores Públicos do Estado da Paraíba, Sindicato dos Servidores Público de Cabedelo e a Intersindical dos Trabalhadores Portuário. O 1º Encontro Sindical dos Servidores Públicos de Amparo, e a 1ª Reunião da Articulação Cariri foi considerados como excelentes pelos visitantes, principalmente, por ter sido o primeiro evento realizado pela articulação, evento este, que ganhou carinhosamente o apelido “rubacão sindical do cariri” (por ser como o prato tradicional composto de feijão e arroz), ou seja, dois encontros em um, diante da adesão de dois novos municípios sindicais decidiu pela ampliação da articulação e pela realização de uma nova edição na qual será inserida na sua programação manifestação publica em defesa da Constituição e dos direitos dos servidores públicos do Cariri e do Brasil.

EVENTO(S):
Participação (credenciamento):
Bastante organizado e com credenciamento que teve inicio as 8h30 e encerrado as 9h30, a plenária do encontro e da reunião foi indiscutivelmente de qualidade com a presença de três públicos diferenciados.
O primeiro, o local, na forma de delegados e observadores compostos por professores, secretários municipais, vereadores, suplentes, funcionários públicos e jovens do Projeto Adote um Atleta, que entregaram o certificado de colaborador benemérito aos que adotaram um jovem atleta.
Já o segundo de participantes da região foi formado de lideranças sindicais provenientes e das associações e comissões pró-sindicato dos servidores públicos dos municípios da região, a além de vereadores.
O terceiro público foi de convidados e parceiros no qual estava inseridos representantes das centrais sindicais, federação, Intersindical e sindicato estadual.

Abertura (Mesa Diretora)
Com atraso, mas sem prejuízo para o evento, a mesa de abertura foi formada pelo cerimonial, o qual ficou a cargo do professor Jaêmio Carneiro, que convidou para a mesa, a presidente e o vice da ASSEPUMA entidade promotora do evento, Darloza Braga e Luciano José respectivamente; o representante do prefeito do município, que estava ausente da cidade, na qualidade de anfitrião, o procurador. João Paulo; o diretor da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil - CSPB, e presidente da Federação dos Servidores Públicos do Estado da Paraíba - FETASP, o sindicalista Fernando Borges; o vice-presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB, Ricardo Tabosa; o diretor da Nova Central Sindical do Brasil - NCSB; o sindicalista Uyramir Veloso. Além de mencionar outras lideranças, a exemplo do representante do Sindicato dos Servidores Públicos de Cabedelo, Milton Calla.   

Deliberações:
Entre as deliberações do “rubacão sindical” foram destaques a ampliação da articulação, uma nova reunião com representações sindicais de novos municípios e dos que já fazem parte da articulação, com a possibilidade de uma manifestação publica em defesa dos direitos dos servidores públicos e dos trabalhadores de todos Brasil, hoje sujeitos a serem usurpados por um governo ilegítimo e incontestavelmente corrupto. E por fim foram indicados os Municípios de Serra Branca, Sumé, Camalau e Monteiro como sede da nova versão do encontro(s) da articulação cariri na região.

Confraternização
Após o evento foi oferecido aos presentes pela Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo – ASSEPUMA um coquetel a portuguesa. E como não poderia ser de outra forma para os visitantes foi oferecido pelos anfitriões para almoço, rubacão de feijão verde cozinhado no leite com queijo de coalho e creme de leite e como a mistura, bode cozido e carneiro na brasa.

Avaliação
Uma nova reunião das entidades gerais e do(s) município(s) que pleiteiam sediar a articulação deverá acontecer ainda nesta semana para a avaliação do movimento e decidir a realização ou não da nova edição, e se confirmada, o município que a sediará esta, deverá contar com a presença do presidente da CTB, José Gonçalves.
A reunião acontecerá na sede da FETASP por sugestão do presidente Fernando Borges, que retorna a Paraíba na próxima quarta feira (13/07), onde participou na qualidade de diretor de reunião com a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil para avaliar a organização da categoria no Estado.
Fonte: Assessoria de Comunicação do ASSEPUMA



quarta-feira, 5 de julho de 2017

Articulação confirma a CTB no Encontro dos Servidores Públicos do Cariri no dia 7 de Julho em Amparo

Articulação confirma a CTB no Encontro dos Servidores Públicos do Cariri no dia 7 de Julho em Amparo
           A presidente da Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo - ASSEPUMA, a fisioterapeuta Darloza Braga esteve nesta terça feira (26/06) na sede do Sindicato dos Arrumadores do Porto de Cabedelo em reunião com o presidente da Intersindical dos Trabalhadores Portuário e vice presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB, o sindicalista Ricardo Tabosa, que confirmou a presença da central ao 1º Encontro Sindical dos Servidores Públicos de Amparo, e a 1ª Reunião da Articulação Cariri, que acontecerá após programação comum aos dois encontros, para posterior reunião com pauta própria no segundo horário, quando os eventos funcionaram simultaneamente durante o dia 7 de Julho na Câmara Municipal de Amparo.
            Segundo o vice presidente da CTB, a confirmação da presença da CTB tem como objetivo fortalecer não só o encontro local, mais, sobre tudo, a 1ª Reunião de Articulação do Cariri e consequentemente a luta dos servidores públicos e dos trabalhadores gerais de todo o brasil. “precisamos nos organizar para resistir à usurpação dos nossos direitos por um governo golpista e denunciado por corrupção”. Explicou Tabasa.
            Já Darloza Braga, presidente da ASSEPUMA e membro da comissão de articulação dos dois eventos em um, e que vem sendo chamado “rubacão sindical do Cariri”, com a adesão da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil ao “rubacão sindical do Cariri”. Agora já são duas centrais (CTB e NCST), uma confederação (CSPB) e uma federação (FETASP) a confirmarem a participação e o apoio ao evento sindical mais importante da história do cariri paraibano. E finalizou a presidente da ASSEPUMA ainda esta semana deveremos visitar a CUT para definir a sua participação nos eventos, que acontecerão no dia 07/07/2017.
Fonte: Assessoria de Comunicação do ASSEPUMA



sexta-feira, 30 de junho de 2017

ARTICULAÇÃO OFICIALIZA A PRESENÇA DA NCST, E O APOIO INSTITUCIONAL DA CSPB PARA O ENCONTRO DO CARIRI




O presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Publico do Estado da Paraíba - FETASP, o sindicalista Fernando Borges, após reunião com as direções da Confederação dos Servidores Público do Brasil – CSPB, e a Nova Central Sindical dos Trabalhadores - NCST oficializou a participação e o apoio institucional de ambas, ao 1º Encontro dos Servidores Públicos de Amparo e a 1ª Reunião da Articulação Cariri, que acontecerão respectivamente  no dia 07 de julho de 2017 no Município de Amparo.
       Segundo, Fernando Borges, os contatos foram efetivados durante breve reunião com o presidente da CSPB, Joao Domingos, e José Calistoga da NCST. Mais, o fato de maior importância foi sem dúvida, a predisposição de ambas de apoiar a luta em defesa do direito adquirido dos trabalhadores na Paraíba.
         No inicio da semana vindoura, ou seja, a partir da próxima segunda feira (19/06), novos contatos serão reativados com a CTB e a CUT objetivando definir as respectivas participações no Encontro do Cariri.
        Segunda, ainda, Darloza Braga, presidente da Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo - ASSEPUMA, já esta agendado uma reunião que deverá acontecer na sede dos Sindicatos dos concertadores de cargas do Porto de Cabedelo com o presidente da Intersindical e vice presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, Ricardo Tabosa para debater programação e a participação da CTB no Encontro do Cariri.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SITESP

terça-feira, 23 de maio de 2017

Articulação Cariri fará contatos durante esta semana com as Centrais Sindicais, para sua reunião ampliada, que acontecerá durante, o 1º Encontro dos Servidores Públicos de Amparo

Articulação Cariri fará contatos durante esta semana com as Centrais Sindicais, para sua reunião ampliada, que acontecerá durante, o 1º Encontro dos Servidores Públicos de Amparo
          Após reunião realizada neste fim de semana, entre a Federação dos Trabalhadores no Serviço Publico do Estado da Paraíba (FETASP), a Associação dos Servidores Públicos de Amparo (ASSEPUMA), A “Caravana o Sindicato Chegou” do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado da Paraíba (SITESP), e a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) ficou decidido que durante esta semana será efetivado contatos com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST) e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), objetivando a participação das mesmas na 1ª Reunião da Articulação, que acontecerá como programação paralela no segundo horário do 1ºEncontro dos Servidores Públicos de Amparo, que aguarda apenas confirmações da data para a impressão do material de marketing.
          A reunião da Articulação definiu que a coordenação será feita em três frentes. A primeira será da Coordenação Politica que terá a frente o presidente da FETASP, Fernando Borges e a presidente da ASSEPUMA, Darloza Braga. Já segunda, será de Divulgação e Marketing, que ficará sobre a responsabilidade do Prof. Carneiro do SITESP e da professora, Tania, presidente da Comissão pró Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Prata. Por fim da Comissão de Organização e Estrutura, que ficou na responsabilidade do vice-presidente da ASSEPUMA, Luciano o gordo, que, também, se encarregará de formar subcomissões locais para organização do evento.
          Segundo, o presidente da FETASP, Fernando Borges, a articulação sindical dos servidores públicos municipais e estaduais da Paraíba vem sendo formada em duas regiões do Estado, ou seja, no Cariri, que ficou a cargo da “Caravana Chegou o Sindicato”, coordenada pelo Professor Carneiro, e no alto Sertão, aonde pessoalmente vem fazendo o trabalho. Fernando justificou que as iniciativas deixando claro, que, não existe outra forma de garantir os direitos adquiridos durante toda história de luta dos trabalhadores, que não seja unidos e fortes para resistir a politica de usurpação do governo ilegítimo de Temer.
Já para a presidente da ASSEPUMA, Darloza Braga, O evento será um marco na história, não só dos servidores públicos locais, como também, no que, se refere, a uma articulação mais ampla envolvendo a nossa categoria em outros municípios do Cariri Ocidental, para assim, estabelecer em consenso uma pauta para o Cariri, que fortaleça a luta pelos nossos direitos conquistados e, hoje ameaçados pela politica imposta pelo o atual governo usurpador com reformas, em que, os trabalhadores ficam com o “amargou dos remédios” e a elite conservadora politica nacional, e a elite financeira internacional, com o “mel da cura”.
Fonte: Assessoria de Comunicação do SITESP

      








Movimentos sociais sentam para debaterem o futuro eleitoral de Cabedelo, e poderão apresentar filhos da terra para dobradinha a estadual e federal 
            Em café da manhã, que aconteceu neste sábado, no restaurante do Posto de Combustível Intermares, representantes do Movimento de Reconstrução de Cabedelo e do Movimento em Defesa de Cabedelo, atendendo, as bases dos respectivos movimentos, que não mais suportam a velha forma de fazer politica, ondem os candidatos ao parlamento aparecem apenas nas eleições, e apenas, os que, os trazem estão de fato, contentes com os seus compromissos com o município. Resolveram apresentar os nomes do sindicalista e suplente de deputado federal, Fernando Borges, e do defensor publico e ex-vice-prefeito de Cabedelo, Bérgson Marques como possíveis candidatos as proporcionais de 2018.
            Para Bérgson Marques foi uma honra ter sido indicado, não só, pela indicação do movimento, e do que, ele representa, como também,  pelo companheiro de chapa proposto, ou seja Fernando Borges. No entanto foi claro ao afirmar que poderá colocar o seu nome a disposição, mas, para isto, precisará conversar com o grupo que é ligado politicamente há muitos anos. E finalizou: “É uma questão de ética e de densidade eleitoral”.
             Já Fernando Borges foi inciso ao afirmar que é candidato e que será uma grande satisfação compor com Bérgson na sua terra natal. Precisamos de políticos do seu calibre, defensor publico militante do judiciário, recentemente foi responsável, juntamente com o advogado, Dr. Caetano de Oliveira, que também é o presidente da Associação dos Moradores de Intermares, autor de Ação Penal Pública Incondicionada contra a corrupção em Cabedelo.         
            Para o professor Jaêmio Carneiro da Rede de ONGs SOS Cabedelo, que foi convidado para o café: “são nomes sem manchas ligadas a corrupção, e ou a compra de votos, ambos são servidores públicos e ligados aos movimentos sociais, vejo com muito bons olhos uma composição dessa natureza, pois precisamos acabar com os currais eleitorais e com a maioria dos políticos que defende apenas os seus interesses e dos grupos econômicos que os financiam”. E citou como exemplo de outros nomes importantes como o de Argemiro Chulé, do sindicalista e ex-candidato a prefeito de Cabedelo, Marcus Patrício, e do ex-vereador, que inclusive, foi responsável pelo fim da absurda aposentadoria de vereadores, o Gilberto Miranda. E “finalizou são nomes assim, que a Cidade portuária precisa de ter como representantes”.
Fonte: Equipe Digital do Blog Cabedelo e a Verdade


segunda-feira, 8 de maio de 2017

CENTRAIS SINDICAIS LANÇAM CALENDÁRIO DE LUTAS CONTRA “REFORMAS”.

CENTRAIS SINDICAIS LANÇAM CALENDÁRIO DE LUTAS CONTRA “REFORMAS”. E A ARTICULAÇÃO CARIRI REALIZA O 1ª ENCONTRO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO MUNICÍPIO DE AMPARO
Após a realização da Greve Geral, avaliada como a maior mobilização da classe trabalhadora brasileira, em nota assinada, as nove centrais sindicais brasileiras (CTB, CUT, Força, Intersindical, NCST, UGT, CGTB, CSB e CSP Conlutas) comprometeram-se a continuar a lutar contra o desmonte da Previdência Pública e das leis trabalhistas (04/05/17), também, na nota definiram, o período de 8 a 12/05 para uma presença permanente no Congresso Nacional para pressionar deputados e senadores contra as propostas das reformas, em particular a Reforma da Previdência Já no período de 15 a 19/05, o movimento irá “ocupar Brasília”.
       E se até o dia 19 não for possível parar as reformas, as centrais deverão marcar a 2ª greve geral que deverá ser maior que anterior. A firmação é do diretor da CSPB e presidente da FETASP, Fernando Borges, que será anfitrião da reunião com a ASSEPUMA para debater a articulação Cariri.
       Já a Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo – ASSEPUMA, que teve que adiar o Encontro Municipal marcado para o dia 27 de abril, tendo em vista, a greve geral que aconteceu no dia 28 e, portanto inviabilizou a presença de representantes de organizações estaduais e nacionais, comunicou que, o evento acontecerá ou no próximo dia 26/05, ou mais provavelmente no dia 03 de junho, e que será bem mais amplo, ou seja, com as representações do movimento na região, pelo menos nos municípios onde a articulação esta presente, sem prejuízo, para o vento local proposto anteriormente, e para isto, está sendo elaborada uma programação que permitam, inclusive, levar até a sociedade em geral a mensagem da real situação em que vive o Brasil.
        Objetivando definir o dia, a programação, a pauta para Articulação Cariri que será construída durante o vento, e participações das instituições (momentos finais), a ASSEPUMA deverá na próxima quarta feira participar de reuniões coletivas e individuais com representantes da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil - CSPB; Federação dos Servidores Públicos do Estado da Paraíba - FETASP; Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB; Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos no Estado da Paraíba - SITESP-PB; e possivelmente, a Central Única dos Trabalhadores - CUT e a Intersindical.
Conheça a seguir na integra a nota das centrais sindicais:

CONTINUAR E AMPLIAR A MOBILIZAÇÃO
CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS!
       As centrais sindicais, reunidas na tarde desta quinta-feira, avaliaram a Greve Geral do dia 28 de abril como a maior mobilização da classe trabalhadora brasileira. Os trabalhadores demonstraram sua disposição em combater o desmonte da Previdência social, dos Direitos trabalhistas e das Organizações sindicais de trabalhadores.
       A forte paralisação teve adesão nas fábricas, escolas, órgãos públicos, bancos, transportes urbanos, portos e outros setores da economia e teve o apoio de entidades da sociedade civil como a CNBB, a OAB, o Ministério Público do Trabalho, associações de magistrados e advogados trabalhistas, além do enorme apoio e simpatia da população, desde as grandes capitais até pequenas cidades do interior.
As centrais sindicais também reafirmaram sua disposição de luta em defesa dos direitos e definiram um calendário para continuidade e ampliação das mobilizações.

CALENDÁRIO DE LUTA

8 a 12 de maio de 2017
– Comitiva permanente de dirigentes sindicais no Congresso Nacional para pressionar os deputados e senadores e também atividades em suas bases eleitorais para que votem contra a retirada de direitos;
– Atividades na base sindicais e nas ruas para continuar e aprofundar o debate com os trabalhadores e a população, sobre os efeitos negativos para a toda sociedade e para o desenvolvimento econômico e social brasileiro.

15 a 19 de maio:
– Ocupa Brasília: conclamamos toda a sociedade brasileira, as diversas categorias de trabalhadores do campo e da cidade, os movimentos sociais e de cultura, a ocuparem Brasília para reiterar que a população brasileira é frontalmente contra a aprovação da Reforma da previdência, da Reforma Trabalhista e de toda e qualquer retirada de direitos;
– Marcha para Brasília: em conjunto com as organizações sindicais e sociais de todo o país, realizar uma grande manifestação em Brasília contra a retirada de direitos.
Se isso ainda não bastar, as centrais sindicais assumem o compromisso de organizar um movimento ainda mais forte do que foi o 28 de abril.
Por fim, as centrais sindicais aqui reunidas convocam todos os sindicatos de trabalhadores do Brasil para mobilizarem suas categorias para esse calendário de lutas.
CTB – Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil
CUT – Central Única dos Trabalhares
Força Sindical
Intersindical – Central da Classe Trabalhadora
NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores
UGT – União Geral dos Trabalhadores
CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
CSP Conlutas – Central Sindical e Popular

                                  Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Servidores Públicos adiam encontro do dia 27 em Amparo, mas, convoca todo o Cariri à parar na greve geral do dia 28


Servidores Públicos adiam encontro do dia 27 em Amparo, mas, convoca todo o Cariri à parar na greve geral do dia 28 com a chamada: “Para Cariri! Que o Brasil vai parar”
         O 1º Congresso dos Servidores Públicos do Município de Amparo, programado para o próxima quinta feira (27/04), será adiado em razão das manifestações previstas para o dia 28 em todo o Brasil, quando da Greve Geral que acontecerá na próxima sexta feira (28/04) contra as medidas adotadas pelo Governo Federal, entre elas, as Reformas da Previdência e Trabalhista.
            Segundo a presidente, da Comissão pró-sindicato, e a atual, presidente da Associação dos Servidores Públicos do Município de Amparo - ASSEPUMA, a fisioterapeuta Darloza Braga, a articulação que estava sendo trabalhada para a realização do evento, e ai, entenda-se, também, todo o pessoal ligados ao Sindicato Estadual; a Federação e a Confederação ligadas à categoria; e as Centrais Sindicais que participariam do evento, estarão envolvidas na preparação da Greve Geral, e, portanto, não compareceria, inviabilizando o encontro, que foi montado com a participação das entidades, que estão na organização do dia D.
           
Ampliação do Movimento no Cariri
            Darloza ainda explicou que, diante do Momento histórico vivenciado pelos servidores públicos, e a importância neste momento da união da categoria no interior do Estado, em particular na região do Cariri, irá definir nova data do evento, e sugerir a articulação, a ampliação do evento, estendendo-o a todo o Cariri Ocidental, quando da reunião de avaliação do movimento grevista nacional, que será realizada na Federação dos Trabalhadores em Serviços Públicos no Estado da Paraíba - FETASP no inicio da próxima semana.
            A articulação na região do grande e pequeno colegiado ficará a cargo, do vice-presidente da ASSEPUMA, o ex-vereador Luciano o Gordo, que deverá ainda nesta quizena semana contatar as lideranças regionais confirmando o evento e a participação dos mesmos.

Greve Geral
            Por fim, a presidente da ASSEPUMA, ainda explicou que infelizmente, não existe no momento outra arma a ser usada para salvaguardar a CLT e a Constituição Federal, onde estão sacramentados os direitos dos trabalhadores brasileiros, que não, a Greve Geral. E concluiu: “PARA CARIRI! QUE O BRASIL VAI PARAR”.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ASSEPUMA